Não negligencie a sua prática de Kundalini Yoga ela pode te salvar.

                                                                                                                                                          Por Patwant Kaur

Foto: Camila Muradas

A Era de Aquário é uma Era de muitas mudanças de paradigmas políticos, sociais, ecológicos. Tempos com muita informação externa e baixa conexão com o lado interno e espiritual. É fácil ficar perdido e não compreender o próprio sentido de identidade e propósito. A prática de Kundalini Yoga serve como aliada para apoiar o indivíduo a enfrentar as vicissitudes dessa Era. Essa prática traz transformação, fortalece os sistemas nervoso, endócrino, aumenta a projeção do campo eletromagnético e proporciona uma vida mais ampla e com mais oportunidades.

O trabalho com kundalini Yoga, no entanto, é forte e na medida que o aluno avança nessa prática é comum que algumas transformações aconteçam em sua vida pessoal. Tais mudanças,  podem promover um confronto pessoal à diminuição da disciplina e o afastamento das aulas. Nesses momentos, um ciclo energético potente é interrompido e pode haver um enfraquecimento do sistema nervoso, baixa de energia e um retrocesso ao antigo padrão mental. Manter as aulas uma vez por semana é essencial para manter esse fluxo.

A técnica do Kundalini Yoga permite que a pessoa tenha um relacionamento direto com as próprias emoções. Mas nem sempre há disposição para esse encontro genuíno, para o enfrentamento das sombras, compreender o ego e limpar karmas. A prática proporciona um despertar de consciência e promove ajustes. Velhos hábitos deixam de fazer sentido, relacionamentos tóxicos são deixados de lado, conexões familiares que não são saudáveis, dieta, trabalho tudo vem à tona para que a pessoa tenha a oportunidade de fazer uma revisão e transformação.

Essa energia além de propiciar mudanças ajuda a despertar a intuição e permite que a pessoa enxergue novas oportunidades. O que o outro está pensando sobre ela se torna menos importante, pois a auto percepção e clareza aumentam. O praticante não dá poderes a ninguém para se curar, pois ele mesmo se torna capaz de movimentar sua energia interna e buscar auto cura.

“Esta tradição de yoga é o caminho do Raja Yoga. Uma conexão direta e um caminho para a consciência suprema dentro de nós. Não é um desvio através das fascinações do subconsciente e das tentações do ego. Aceitamos toda a criação ao nosso redor e também dentro de nós”.

Uma aula de Kundalini Yoga movimenta a respiração, amplia concentração e conexão. No momento que energia é elevada o amor é possível. É como se uma flor de lótus se abrisse internamente e o humano se conecta com o divino. A pessoa se sente preparada para agir de acordo com os desígnios de sua existência com autonomia e alegria.

Fonte The Aquarian Teacher – O Livro do Professor Aquariano. Mais informações acesse www.kriteachings.org

Hits: 1197

Deixe uma resposta